Salmos 113:9
“Ele faz com que a mulher estéril habite em família, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao Senhor.”
 
Na maioria dos casos a esterilidade é um mistério. Mas, de acordo com as escrituras, há uma promessa de filhos para o ventre estéril. A nação hebraica nasceu de ventres estéreis. Não apenas o deserto estéril e vazio floresceu como uma rosa, mas, também a semente da arvore genealógica de Israel foi plantada por filhos cujas mães eram estéreis.
 
Olhe para os três primeiros patriarcas: Abraão, Isaque e Jacó. Sara, mulher de Abraão tinha 99 anos e não tinha filhos.
Gênesis 11:30
“Sarai era estéril; não tinha filhos.”
 
Isaque casou-se aos 40 anos, mas sua mulher também era estéril.
 
Gênesis 25:20-21
“E Isaque tinha quarenta anos quando tomou por mulher a Rebeca, filha de Betuel, arameu de Padã-Arã, e irmã de Labão, arameu. Ora, Isaque orou insistentemente ao Senhor por sua mulher, porquanto ela era estéril; e o Senhor ouviu as suas orações, e Rebeca, sua mulher, concebeu.”
 
Igualmente, a esposa favorita de Jacó não podia conceber.
 
Gênesis 29:31
“Viu, pois, o Senhor que Léia era desprezada e tornou-lhe fecunda a madre; Raquel, porém, era estéril.”
 
Sara deu à luz a ISAQUE, Rebeca deu à luz a JACÓ, e o primeiro filho de Raquel foi JOSÉ. Estes três homens foram as pedras angulares para a construção de uma nova casa espiritual chamada ISRAEL. Temos ainda outros exemplos na bíblia.
 
- O caso de Sansão:
Juízes 13:2-5
“Havia um homem de Zorá, da tribo de Dã, cujo nome era Manoá; e sua mulher, sendo estéril, não lhe dera filhos. Mas o anjo do Senhor apareceu à mulher e lhe disse: Eis que és estéril, e nunca deste à luz; porém conceberás, e terás um filho. Agora pois, toma cuidado, e não bebas vinho nem bebida forte, e não comas coisa alguma impura; porque tu conceberás e terás um filho, sobre cuja cabeça não passará navalha, porquanto o menino será nazireu de Deus desde o ventre de sua mãe; e ele começara a livrar a Israel da mão dos filisteus.”
 
- O caso Ana:
I Samuel 1:4-5;  I Samuel 1:19-20
“No dia em que Elcana sacrificava, costumava dar quinhões a Penina, sua mulher, e a todos os seus filhos e filhas; porém a Ana, embora a amasse, dava um só quinhão, porquanto o Senhor lhe havia cerrado a madre... 19 Elcana conheceu a Ana, sua mulher, e o Senhor se lembrou dela. 20 De modo que Ana concebeu e, no tempo devido, teve um filho, ao qual chamou Samuel; porque, dizia ela, o tenho pedido ao Senhor.”
 
- O caso João Batista:
Lucas 1:7
“Mas não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos avançados em idade... 24 Depois desses dias Isabel, sua mulher, concebeu, e por cinco meses se ocultou, dizendo: 25 Assim me fez o Senhor nos dias em que atentou para mim, a fim de acabar com o meu opróbrio diante dos homens.”
 
Ambos haviam orado há anos por um filho. O anjo Gabriel visitou o pai no altar de ouro no templo, anunciando que eles teriam um filho chamado João. Um precursor que anunciaria a vinda do MESSIAS.
 
Cada filho entrou em cena em um momento crítico da história de Israel. Estes filhos de ventres estéreis escreveram o próprio capitulo no livro do destino de Israel. Mulheres estéreis deram à luz os maiores homens da história bíblica de Israel. Foram homens de destino, que salvaram, libertaram e transicionaram a nação para executar a vontade de Deus na terra.
 
TODOS ESTES HOMENS NASCERAM DE MÃES QUE ORARAM POR UM FILHO.
 
Os Judeus sabem que toda a sua nação foi formada de ventres estéreis abençoados com FILHOS DE DESTINO. Não só geraram, mas todas geraram filhos HOMENS.
 
Deuteronômio 18:15
“Todo o que abrir a madre, de toda a carne, que oferecem a Jeová, tanto de homens como de animais, será teu; contudo os primogênitos dos homens certamente remirás”
 
Entenda, desde os antigos tempos bíblicos até tempos não muito distantes dos nossos, uma mulher estéril carregava o estigma de estar debaixo de uma maldição. Pensa no nível de libertação que a experiência de gerar um filho trouxe para estas mulheres. Daí vieram os cânticos mais impactantes exaltando a Deus!
 
Isaías 54:1
“Canta, alegremente, ó estéril, que não deste à luz; exulta de prazer com alegre canto, e exclama, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da desolada, do que os filhos da casada, diz o Senhor.”
 
Salmos 113:9
“Ele faz com que a mulher estéril habite em família, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao Senhor.”
 
A fé judaica entende a importância de ler, orar e cantar as promessas.
 
QUATRO PROMESSAS PARA A MULHER ESTERIL
 
1. Deus abrirá o ventre da mulher estéril.
 
Deuteronômio 7:13-14
“Ele te amará, te abençoará e te fará multiplicar; abençoará o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, o teu grão, o teu mosto e o teu azeite, a criação das tuas vacas, e as crias dos teus rebanhos, na terra que com juramento prometeu a teus pais te daria. Bendito serás mais do que todos os povos; não haverá estéril no meio de ti, seja homem, seja mulher, nem entre os teus animais.”
 
2. Não haverá aborto.
 
Deuteronômio 7:13
“Ele te amará, te abençoará e te fará multiplicar; abençoará o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, o teu grão, o teu mosto e o teu azeite, a criação das tuas vacas, e as crias dos teus rebanhos, na terra que com juramento prometeu a teus pais te daria.”
 
3. A mulher será salva dando à luz filhos
 
1 Timóteo 3:15
“Salvar-se-á, todavia, dando à luz filhos, se permanecer com sobriedade na fé, no amor e na santificação.”
 
4. A criança será abençoada
 
Juizes 13:24
“Depois teve esta mulher um filho, a quem pôs o nome de Sansão; e o menino cresceu, e o Senhor o abençoou.”
Lucas 2:40
“E o menino ia crescendo e fortalecendo-se, ficando cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele.”
 
O SEGREDO DE ORAR PARA SE TER FILHOS
 
Princípios que Ana seguiu para o Eterno abrir o seu ventre e lhe dar filhos.
 
1.  Intercessão
1 Samuel 1:10
“Ela, pois, com amargura de alma, orou ao Senhor, e chorou muito...”
 
Romanos 8:26
“Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis.”
 
É quando oramos fortalecidos e inspirados pelo Espirito Santo com o propósito de gerar os planos de Deus. É necessário desenvolver intimidade suficiente para que a palavra e o Espirito de Deus se encontrem na sua oração. Neste tipo de oração haverão dores de parto e lágrimas que se transformarão em alegria ao ouvir o choro do recém-nascido.
 
2. Ela fez um voto especial a Deus
1 Samuel 1:11
“E fez um voto, dizendo: ó Senhor dos exércitos! se deveras atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas lhe deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida, e pela sua cabeça não passará navalha.”
 
Ana descobriu o que Deus precisava e prometeu dar a Deus o que Ele precisava. Existem desejos profundos em nós que foi Deus quem despertou. Mas, eles só virão à luz quando descobrirmos o que Deus precisa através deste desejo. E quando propomos dar a Ele o que Ele quer, ajustamos as nossas motivações e o milagre amadurece.
 
Nos dias de Ana o sacerdócio era corrupto. Hofni e Finéias, os filhos do sacerdote, estavam andando em pecado. Ele (sacerdote) também estava a ponto de ser removido por Deus.
 
Ana percebeu que Deus precisava de um sacerdote, alguém para trazer Israel de volta à TORÁ. Então, Ana faz um voto. Se Deus lhe desse um filho, em troca ela lhe daria um profeta, um Nazireu dedicado!
 
O que é que Deus está precisando hoje?
 
Quando Ele precisou de um construtor para a arca, Noé nasceu.
Quando precisou de um homem para salvar o mundo da fome, José nasceu.
Quando precisou de tirar Israel do Egito, Moisés nasceu.
Você nasceu! Descubra em Deus o por quê! Sua vida tem um propósito e um destino!
 
Nos dias de Ana, quando Israel estava num terrível declínio espiritual, Deus precisava de uma voz, Ana percebeu isto, entrou na brecha e Samuel nasceu. Antes de atender ao seu sonho, ela foi sensível ao sonho de Deus. E a sua história não parou por ai...
 
1 Samuel 2:20-21
“Então Eli abençoava a Elcana e a sua mulher, e dizia: O Senhor te dê desta mulher descendência, pelo empréstimo que fez ao Senhor. E voltavam para o seu lugar. Visitou, pois, o Senhor a Ana, que concebeu, e teve três filhos e duas filhas. Entrementes, o menino Samuel crescia diante do Senhor.”
 
Entenda, existe um paralelo espiritual com tudo isso! O Senhor quer que geremos frutos! Deus quer gerar através de nós uma geração diferente. Vivemos em dias onde os homens não tem medo de pecar. DEUS vai levantar um tipo de gente que marcará a história! Uma geração como Elias, que vai encarar Jezabel e os profetas de Baal de frente! Uma geração como Moisés, disposta a encarar os bruxos com o cajado na mão! Precisamos gerar filhos físicos e espirituais para a Glória de Deus!
 
Filipenses 2:15
“Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo.”
 
Deus quer te usar!
 
Apóstolo Túlio de Souza Borges
Palavra ministrada em 23/02/2014