Artigos


·      Achamos três conceitos nas escrituras que são bem próximos, mas ainda assim distintos; adoração, Louvor e ações de graça.

·      Adoração é primariamente uma atitude ou postura do corpo: abaixar a cabeça, ajoelhar-se, prostrar-se no chão e etc. A postura do corpo revela a atitude ou posição do nosso espirito!

·      Louvor é por definição uma expressão vocal. A bíblia é enfática que o louvor precisa sair da boca.

·      E ações de graça vem quando agradecemos a Deus por aquilo que Ele tem feito.

·      Em adoração nos relacionamos com a santidade de Deus. Em louvor nos relacionamos com a grandeza de Deus. Em gratidão nos relacionamos com a bondade de Deus.

Sl 48:1 Grande é o Senhor e mui digno de ser louvado, na cidade do nosso Deus.

·      O Senhor é grande e por isto é digno de ser louvado. O louvor nos relaciona com a grandeza de Deus.

·      Vamos ver 7 verdades nas escrituras sobre louvor:

  1. Louvor é o endereço de Deus

Sl 22:3 Porém tu és Santo, o que habitas entre os louvores de Israel.

·      Louvor é o endereço de Deus, é onde Ele habita. Se você quer estar onde Deus vive, precisa oferecer a Ele louvor. A palavra hebraica que significa “viver em um lugar” é a mesma palavra para “assentar”. Entronizado por um momento é um lugar de se assentar. Veja em outra tradução,

Sl 22:3 Contudo, tu és santo, entronizado entre os louvores de Israel.

·      Louvor é o trono de Deus. Os nossos louvores não fazem Deus o Rei. Ele é o grande Rei, se o louvamos ou não. Mas quando louvamos a Ele o oferecemos o seu trono. Reconhecemos o seu reinado.

2. Louvor, um protocolo para entrar na presença de DEUS

Sl 100:4 Entrai pelas portas dele com louvor e em seus átrios, com hinos; louvai-o e bendizei o seu nome. 5Porque o Senhor é bom, e eterna, a sua misericórdia; e a sua verdade estende-se de geração a geração.

·      Para adentrarmos a presença de Deus é necessário louvor e ações de graça, esta é a senha dos seus portões e dos seus átrios. Temos aqui três razões porque devemos louvar a Deus: O Senhor é bom, a sua misericórdia é eterna, sua verdade estende-se de geração a geração. Cada uma destas declarações são verdade não importa o que aconteça.

Is 60:18 Nunca mais se ouvirá de violência na tua terra, de desolação ou destruição, nos teus termos; mas aos teus muros chamarás salvação, e às tuas portas, louvor.

·      Deus vive em uma cidade rodeada por muros que se chamam salvação. A única maneira de você penetrar estes muros é através dos portõesE cada portão é chamado de louvor. Em outras palavras sem louvor não há acesso a presença de Deus para desfrutarmos da sua salvação.

3.  Louvor, uma pratica que nos faz cheios do Espirito Santo

Sl 106:47 Salva-nos, Senhor, nosso Deus, e congrega-nos dentre as nações, para que louvemos o teu nome santo e nos gloriemos no teu louvor.

·      Uma retribuição coerente quando Deus nos dá uma vitória é TODO LOUVOR A ELE! Quando nos comprometemos a louva-lo, Deus se compromete a nos salvar, restaurar a nossa comunhão e a nossa alegria!

·      Davi passou por um longo período de trevas na sua vida:

Sl 30:11 Tornaste o meu pranto em folguedo; tiraste o meu cilício e me cingiste de alegria; 12 para que a minha glória te cante louvores e não se cale; Senhor, Deus meu, eu te louvarei para sempre. RC

Sl 30:11 Converteste o meu pranto em folguedos; tiraste o meu pano de saco e me cingiste de alegria, 12para que o meu espírito te cante louvores e não se cale. Senhor, Deus meu, graças te darei para sempre.

·      Deus faz estas coisas para que a nossa glória possa lhe cantar louvores.  Mas o que é a nossa glória?

Sl 16:9 Portanto, está alegre o meu coração e se regozija a minha glória; também a minha carne repousará segura.

·      No dia de pentecostes Pedro citou esta escritura dizendo:

At 2:26 Por isso, se alegrou o meu coração, e a minha língua exultou; além disto, também a minha própria carne repousará em esperança...

·      Podemos ver que  “minha glória” ou “meu espirito”, é  “minha língua”. Aponta para cantar em línguas, falando das maravilhas de Deus.

...Todos nos temos ouvido em nossas próprias línguas falar das grandezas de DEUS. At 2:11

·      Não é da boca para fora, vem do coração. Louvor, não pode ser apenas alma! Quando a bíblia diz que a minha glória dará graças a ti, significa que a minha língua conectada ao meu espirito dará graças ao Senhor. Por isto Davi adiciona: e não se cale. Tudo isto faz referencia aquelas línguas de fogo que encheram a boca daqueles discípulos com os louvores de Deus. Quanto mais cantavam, mais embriagados ficavam!

E não vos embriagueis com vinho... mas enchei-vos do ES, Falando entre vos em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao SENHOR no vosso coração...

·      A língua é o órgão do corpo que fala ou cala. O ES quer que você fale e cante. ELE mesmo vai criar isto no seu coração. Lembre-se, a razão de Deus abençoá-lo, libertá-lo, tirá-lo da tristeza e do pranto, é para que não fiquemos em silencio, mas de forma extravagante louvá-lo.

4.  Louvor compõe nossas vestes espirituais

Is 61:3 a ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê ornamento por cinza, óleo de gozo por tristeza, veste de louvor por espírito angustiado, a fim de que se chamem árvores de justiça, plantação do Senhor, para que ele seja glorificado.

·      Espírito angustiado no português moderno é depressão. Mas quando nos vestimos de louvor a depressão tem que sair.

Sl 33:1 Exultai, ó justos, no Senhor! Aos retos fica bem louvá-lo.

·      Quando você coloca as vestes de louvor, no espírito você estará com a sua melhor aparência. São vestes que te adornam e te alegram.

5. Louvor, um principio que vence adversidades

Sl 50:23 Aquele que oferece sacrifício de louvor me glorificará; e àquele que bem ordena o seu caminho eu mostrarei a salvação de Deus.

·      Louvor é um caminho de libertação. O louvor na adversidade (sacrifício de louvor) coloca a sua alma em ordem... ajusta seus pensamentos e sentimentos, e alinha a sua vontade com a de DEUS. Louvor é parte de uma preparação para nos alinharmos com Deus de forma que Ele nos mostre a sua salvação. Existem muitos exemplos na bíblia onde através do louvor um caminho foi aberto para uma intervenção sobrenatural de Deus em momentos de adversidades.

2 Cr 20:17 Nesta peleja, não tereis de pelejar; parai, estai em pé e vede a salvação do Senhor para convosco, ó Judá e Jerusalém; não temais, nem vos assusteis; amanhã, saí-lhes ao encontro, porque o Senhor será convosco. 18Então, Josafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o Senhor, adorando o Senhor. 19 E levantaram-se os levitas, dos filhos dos coatitas e dos filhos dos coraítas, para louvarem o Senhor, Deus de Israel, com voz muito alta. 20 E, pela manhã cedo, se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, saindo eles, pôs-se em pé Josafá e disse: Ouvi-me, ó Judá e vós, moradores de Jerusalém: Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis. 21E aconselhou-se com o povo e ordenou cantores para o Senhor, que louvassem a majestade santa, saindo diante dos armados e dizendo: Louvai o Senhor, porque a sua benignidade dura para sempre. 22E, ao tempo em que começaram com júbilo e louvor, o Senhor pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá e foram desbaratados.

·      Parece uma estratégia estranha. Em vez de mandar os tangues de guerra na frente, ele enviou um coral. Quando o povo de Deus de fato o louva, Deus intervém e dá cabo dos seus inimigos.

·      O exemplo de Paulo e Silas.

6. Uma arma espiritual

Sl 8:2 Da boca de pequeninos e crianças de peito suscitaste força, por causa dos teus adversários, para fazeres emudecer o inimigo e o vingador.

·      Louvor é também uma arma de guerra espiritual. O inimigo e vingador é o diabo e precisamos silenciá-lo porque ele nos acusa diante do trono de Deus dia e noite. O trono de Deus é um trono de louvor, e quando o inimigo está diante deste trono para nos acusar e se depara com o nosso louvor ali, isto emudece o inimigo. É a força que vem “da boca” é que fará isto.

Mt 21:16 e disseram-lhe: Ouves o que estes dizem? E Jesus lhes disse: Sim; nunca lestes: Pela boca dos meninos e das criancinhas de peito tiraste o perfeito louvor?

·      Jesus citou a mesma escritura. Quando Davi citou, não estava muito claro sobre o que seria esta força que vem da boca, mas Jesus deixou as coisas claras definindo que suscitar a força para silenciar o inimigo é através do perfeito louvor. Aqui desarticulamos uma das principais armas do inimigo que é a acusação. Não é de maravilhar que o diabo faz de tudo para que você não louve o Senhor. É uma questão de quem vai ficar em silencio. Você ou o diabo?

7.  A importância de praticar o louvor como expressão de fé e sacrificio

·      Finalmente, louvor é sacrifício. Custa algo.

Jr 33:11 a voz de gozo, e a voz de alegria, e a voz de noivo, e a voz de esposa, e a voz dos que dizem: Louvai ao Senhor dos Exércitos, porque bom é o Senhor, porque a sua benignidade é para sempre; e a voz dos que trazem o sacrifício de louvor à Casa do Senhor; pois farei que torne o cativeiro da terra como no princípio, diz o Senhor.

·      O sacrifício que Deus quer que tragamos para dentro da sua casa é o louvor. Isto está declarado em:

Hb 13:15 Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome.

·      É bom louvarmos a Deus quando todas as coisas vão bem, mas neste caso não é um sacrifício. Quando tudo parece desabar e ainda louvamos a Deus com intensidade, então isto é sacrifício. Na verdade, quando não estamos sentindo de louvar, este é o momento mais necessário de fazê-lo.