Mensagem em áudio Agenda

 

Então o seu senhor, chamando-o à sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste. Não devias tu, igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti? E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que lhe devia. Assim vos fará, também, meu Pai celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas. Mt 18:32-35

·     Depois de 10 dias de reverencia (techuva) e temor culminando em Yom Kippur, vem a celebração de Tabernáculos. A mensagem é esta: arrependei-vos porque vos é chegado o Reino de DEUS. No dia primeiro do mês sétimo, do calendário festivo de Israel, é Yom Teruá, a festa das trombetas. O shofar era tocado chamando a nação para dez dias de arrependimento. O dia 10 é Yom Kippur, o dia critico, o dia do PERDÃO! 

·      Na pascoa cada família tinha que tomar um cordeiro, e os pecados desta família eram transferidos para este cordeiro. No dia da expiação, Yom Kippur, isto acontecia dentro de um contexto de nação. Os pecados de toda nação eram transferidos para um animal. Na verdade um animal ficava vivo e um outro tinha que morrer pelos pecados da nação.

LV 16:21-22,  E Arão porá ambas as suas mãos sobre a cabeça do bode vivo, e sobre ele confessará todas as iniqüidade dos filhos de Israel, e todas as suas transgressões, e todos os seus pecados; e os porá sobre a cabeça do bode, e enviá-lo-á ao deserto, pela mão de um homem designado para isso. Assim aquele bode levará sobre si todas as iniqüidade deles à terra solitária; e deixará o bode no deserto.

·     A bíblia diz aqui que o animal deveria levar todas as iniquidades para uma terra solitária. Então num sentido simbólico aquele animal levava sobre si não apenas os pecados de Israel, mas também as consequências dos seus pecados. Isto contem uma mensagem profética muito forte! TODO ISRAEL SERA SALVO!!!! Isto vai acontecer.

Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado, 1 Pe 1:18, 19

Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça, Ef 1:7

·     Duas promessas que são expressão das riquezas da sua graça: remissão e perdão. Nada trás mais refrigério do que experimentar o perdão. O dia da expiação era a conclusão de 10 dias de reflexão para uma mudança de mente, ajuste de valores, restauração de relacionamentos... Isto tudo construia a aceitação da oferta por parte do DEUS ETERNO, que o Sumo sacerdote oferecia uma vez a cada ano, derramando o sangue sobre o propiciatorio, a tampa da arca dentro do lugar santíssimo.

·     A nossa restauração pessoal precisa transbordar para os nossos relacionamentos. É muito simples, arrepender e crer... receber perdão e liberar perdão!

·     O famoso avivalista John Wesley replicou a um General que lhe dirigiu as seguintes palavras: Eu não perdoo ninguém... Wesley replicou: Então é melhor o senhor nunca pecar!

TRÊS advertências sobre a falta de perdão

1.         A falta de perdão bloqueia a sua resposta de oração.

·     Precisamos manter aberto o meio de comunicação entre nós e o nosso Pai celestial. JESUS deixou muito claro sobre a importância de perdoar quando estamos exercendo a nossa autoridade no lugar de oração.

Por isso vos digo que todas as coisas que pedirdes, orando, crede receber, e tê-las-eis. E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas. Mas, se vós não perdoardes, também vosso Pai, que está nos céus, vos não perdoará as vossas ofensas. Mc 11:24-26

·     O propósito do diabo não é apenas estragar o seu relacionamento com as pessoas, mas interferir no seu relacionamento com Deus! Satanás quer fechar a porta das respostas de oração. Ele planeja um acesso livre em nossas vidas a fim de nos colocar no mesmo buraco em que ele vive.

2.         A falta de perdão te torna susceptível ao engano.

·     Não confie nas suas emoções, este é um campo de guerra onde satanás é perito. Ele sabe como manipular emocionalmente as pessoas, gerando um estado de tal ansiedade onde somos tentados a sair de debaixo da poderosa mão de DEUS. Voce precisa aprender a lutar de um lugar em voce onde voce esta unido ao Espirito de Cristo, onde voce tem acesso a verdade que te liberta. 

·     De todas as áreas das quais os cristãos podem ser enganados, a falta de perdão parece ser o ponto mais comum do engano. O diabo facilmente engana uma pessoa ofendida que da mais atenção aos seus sentimentos (alma) do que a verdade da palavra (espirito e vida). Antes de enganar, ele fere! A amargura é como uma droga que rouba a sua capacidade de discernir.

Tg 1:26, Se alguém supõe ser religioso, deixando de refrear a língua, antes, enganando o próprio coração, a sua religião é vã.

·     A frase “supõe ser religioso” significa que uma pessoa pode ler a sua biblia, orar pelo seu jantar, levantar suas mãos durante o louvor na igreja e cantar. Mas, se esta mesma pessoa não refrear sua língua, a religião dela é vã. Ela está enganando a si mesmo acreditando que pode usar sua língua para ofender e destruir os outros sem sofrer consequencias...

3.         A falta de perdão mina a sua defesa contra o pecado

·     A falta de perdão te priva da graça de DEUS. A graça é também PODER para vencer o pecado!

Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem.E ninguém seja devasso, ou profano, como Esaú, que por uma refeição vendeu o seu direito de primogenitura. Hb 12:15, 16

·     Para o diabo, a falta de perdão é uma ferramenta eficaz, porque é uma violação da graça. Isto quer dizer que estamos violando os mesmos princípios pelos quais “nascemos de novo”. A falta de perdão não só interfere negativamente no nosso relacionamento com DEUS, como também, aos poucos, mina a nossa defesa contra o pecado. É uma maneira sutil de trazer destruição em nossa vida, família, saúde e negócios. Esaú depois de amargo, não podia mais controlar seus apetites, mesmo sexualmente falando.

Finalmente, sede todos de igual ânimo, compadecidos, fraternalmente amigos, misericordiosos, humildes, não pagando mal por mal, ou injuria por injuria; antes, pelo contrário, bendizendo, pois para isto mesmo fostes chamados, a fim de receberdes benção por heranca. Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a lingua do mal e evite que os seus lábios falem engano. 1 Pe 3:8-10.

No Amor do CORDEIRO,

Ap. Tulio de Souza Borges