Artigos


·    Existe um contexto muito importante no qual se deu esta experiência tão sobrenatural quando Jesus se transfigurou diante de Pedro, Tiago e João. Cap. 17, Precisamos começar pelo cap. 16 de Mateus.

Mt 16:1  E, CHEGANDO-SE os fariseus e os saduceus, para o tentarem, pediram-lhe que lhes mostrasse algum sinal do céu.2 Mas ele, respondendo, disse-lhes: Quando é chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está rubro. 3 E, pela manhã: Hoje haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Hipócritas, sabeis discernir a face do céu, e não conheceis os sinais dos tempos? 4Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado, senão o sinal do profeta Jonas. E, deixando-os, retirou-se.

·     Como pedem um sinal com tantos sinais? Quem pede sinal é porque não tem revelação! Os religiosos eram cegos, sem revelação.

·     E isto era o tema do v6 E Jesus disse-lhes: Adverti, e acautelai-vos do fermento dos fariseus e saduceus.

·     O único sinal que JESUS daria aos religiosos que o declarava filho e Messias, seria o sinal de Jonas... Ou seja, teriam que estar abertos para entender o evangelho.

·     O ensino dos fariseus bloqueava a revelação que Jesus era o Messias. Eram extremamente religiosos e fundamentalmente infiéis, V4. É impossível esperar fidelidade de pessoas que confiam na própria força moral para se tornarem justos. Sustentavam uma suposta moralidade com a mentira, hipócritas.

1 Pe 1:18 Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, 19  Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,

·     A tradição religiosa dos fariseus estava completamente contaminada. Satanás fará tudo para colocar a mensagem dele na religião dos nossos pais. É claro que isto muitas vezes virá de forma sutil. É como um fermento misturado na massa. É uma mensagem escondida que corrompe toda doutrina. Pessoas que não vivem o que pregam criam um teto espiritual de falta de esperança e incredulidade.

JESUS estava então protegendo os discípulos deste fermento.

5 E, passando seus discípulos para o outro lado, tinham-se esquecido de trazer pão. 6 E Jesus disse-lhes: Adverti, e acautelai-vos do fermento dos fariseus e saduceus. 7 E eles arrazoavam entre si, dizendo: É porque não trouxemos pão. 8 E Jesus, percebendo isso, disse: Por que arrazoais entre vós, homens de pouca fé, sobre o não terdes trazido pão? 9Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para cinco mil homens, e de quantas alcofas levantastes? 10 Nem dos sete pães para quatro mil, e de quantos cestos levantastes? 11Como não compreendestes que não vos falei a respeito do pão, mas que vos guardásseis do fermento dos fariseus e saduceus? 12 Então compreenderam que não dissera que se guardassem do fermento do pão, mas da doutrina dos fariseus.

·     Percebemos uma tremenda batalha espiritual para os discípulos entenderem os milagres, quanto mais o evangelho.

MT 16:13 -  E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem? 14 -  E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas. 15 -  Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou? 16 -  E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. 17 -  E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus. 18 -  Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; 19 -  E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus. 20 -  Então mandou aos seus discípulos que a ninguém dissessem que ele era Jesus o Cristo. 21 -  Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia. 22 -  E Pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso. 23 -  Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens.

·     Pedro teve uma revelação, que se tornou o fundamento da autoridade apostólica. Jesus é o messias, o filho do Deus vivo.

·     A revelação mais importante que JESUS veio trazer foi a de DEUS como PAI. Os religiosos não conseguiam conceber esta ideia. Na verdade, era uma revelação que a doutrina dos fariseus proibia! ... Se você é filho você se faz igual a DEUS! soava para eles como blafêmia.

·      É um grande passo quando temos acesso a esta revelação. Mas percebemos que ela foi interrompida e ficou incompleta para Pedro. Porque? Porque não podemos entender quem é o Messias, o FILHO do DEUS vivo, sem entendermos a CRUZ.

Quem dizem os homens ser o Filho do homem?

·     Se tratava da revelação de quem era Jesus. A pedra ou o fundamento sobre o qual a Igreja de Jesus precisa ser edificada é a revelação de quem Ele é.

·     Esta pedra– É a revelação que o Pai nos dá a respeito do seu filho pelo Espírito Santo. O Reino de Deus é um Reino de revelação, e existe uma batalha travada nesta direção. Algumas revelações irão tornar você uma grande ameaça para as trevas. Por isto quem tem a revelação do evangelho é bem-aventurado.

·     Junto com a revelação de quem é Jesus, entendemos a nossa identidade e a nossa autoridade nEle. Revelação muitas vezes é progressiva. E satanás vai fazer o possível para que este progresso seja interrompido. Não podiam nem mesmo anunciar que Jesus era o Messias sem terem esta revelação completa na vida deles.

·     Uma revelação incompleta ou interrompida, foi o que se deu com Pedro. Como Pedro provou que a sua revelação sobre o Messias até então era incompleta? Ele não entendia que era necessário que o Cristo sofresse.

·     O sofrimento do MESSIAS era o único caminho para nos tornar filhos, amados, inculpáveis...

·     Pedro pareceu humano, filosófico e bom, mas a sua perspectiva foi interpretada por Jesus como a perspectiva do próprio satanás. Pedra de tropeço. Na verdade, satanás roubou-lhe a revelação.

·     Este na verdade é um principio do reino: sempre depois de um investimento de Deus nas nossas vidas em termos de revelação, satanás vem para roubar a semente.

·     O nível da nossa autoridade é proporcional ao nível de revelação... A revelação é a nossa conexão nos céus. Virar a chave na terra sem a conexão nos céus não funciona. A revelação trás o céu para a terra através do exercício da autoridade.

Não podemos entender que Jesus é o Cristo sem entendermos os seus sofrimentos. Esta é a pedra onde muitos tem tropeçado na fé.

·     Jesus então menciona os seus sofrimentos apontando um caminho que também temos que passar por ele, vivenciando as nossas próprias experiências.

Mt 16:24 -  Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; 25 -  Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. 26 -  Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma? Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras. Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.

·     O que a maioria não percebe é que a ênfase de tudo não é o sofrimento, mas a glória. O preço que ELE pagaria para comprar quem iriamos nos tornar. Aqui estava a mensagem escondida da cruz, morte e ressurreição!

·    Pedro, Tiago e João viram a ressurreição de Jesus antes que ela tivesse acontecido. O viram como alguém espiritualmente vivo, como FILHO de DEUS. Viram em JESUS transfigurado quem eles iriam se tornar depois que nascessem de novo. Receberiam vida, receberiam o mesmo direito de filho que JESUS tem, Mas isto só seria possivel se JESUS assumisse no seu corpo a nossa condenação.

Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.

·     A transfiguração é uma experiência profética que aponta para a ressurreição. Aponta então para quem os discípulos iriam se tornar. Seis dias depois, Jesus não satisfeito com o desfecho com o que tinha acontecido ao pé do monte Hermom, dá um tremendo troco no diabo.

Mt 17:1  SEIS dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte,E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz. 3 E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele. 4 E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, um para Moisés, e um para Elias. 5 E, estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o. 6 E os discípulos, ouvindo isto, caíram sobre os seus rostos, e tiveram grande medo. 7 E, aproximando-se Jesus, tocou-lhes, e disse: Levantai-vos, e não tenhais medo. 8 E, erguendo eles os olhos, ninguém viram senão unicamente a Jesus. 9 E, descendo eles do monte, Jesus lhes ordenou, dizendo: A ninguém conteis a visão, até que o Filho do homem seja ressuscitado dentre os mortos.

·     Pedro viu ao vivo e a cores JESUS como o Filho do DEUS VIVO. O motivo da transfiguração foi porque satanás interrompeu e roubou a revelação que Pedro teve a respeito de Jesus.  Ver antecipadamente a ressurreição daria a Pedro condição de ver os sofrimentos com outros olhos.

E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o.

·     Moises, representando a lei tinha cumprido o seu proposito. A lei serve para nos convencer que precisamos de um Salvador! O fim da lei é CRISTO.

·     Elias, representava os profetas que anunciaram a vinda do Messias. Também tinha cumprido o seu proposito... o espirito de Elias estava sobre João Batista para introduzir o Messias.

·     A partir deste momento os discípulos deveriam ouvir somente a JESUS, uma mensagem que ELE construiu com a sua própria morte e ressurreição.

·     Paulo disse: A fé vem por ouvir a palavra de CRISTO. Não estava falando da lei ou dos profetas, mas do evangelho. Esta é a fé que abre os nossos olhos para entendermos os milagres!

7 E, aproximando-se Jesus, tocou-lhes, e disse: Levantai-vos, e não tenhais medo. 8 E, erguendo eles os olhos, ninguém viram senão unicamente a Jesus.

·     Não havia mais lei, não havia mais condenação, apenas uma revelação clara de um PAI de amor. Foi esta revelação que libertou o menino possesso quando desceram do monte. Os discípulos que não foram consolidados com uma revelação do filho, do evangelho, não puderam libertar a criança.

MT 17:14 -  E, quando chegaram à multidão, aproximou-se-lhe um homem, pondo-se de joelhos diante dele, e dizendo: 15 -  Senhor, tem misericórdia de meu filho, que é lunático e sofre muito; pois muitas vezes cai no fogo, e muitas vezes na água; 16 -  E trouxe-o aos teus discípulos; e não puderam curá-lo. 17 -  E Jesus, respondendo, disse: Ó geração incrédula e perversa! até quando estarei eu convosco, e até quando vos sofrerei? Trazei-mo aqui. 18 -  E, repreendeu Jesus o demônio, que saiu dele, e desde aquela hora o menino sarou. 19 -  Então os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, disseram: Por que não pudemos nós expulsá-lo? 20 -  E Jesus lhes disse: Por causa de vossa pouca fé; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível. 21 -  Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.

·     A mensagem da cruz ainda é uma mensagem oculta para a maioria dos crentes. Jesus ressalta o estilo de vida que respalda a autoridade; Jejum e oração, Renuncia e revelação resultando em autoridade. Fé vem pela intimidade e não por obedecer regras e rituais.

·     E mais uma vez Ele repete a pedra fundamental do evangelho. Morte, sepultamento e ressurreição. Na verdade a ficha só caiu mais tarde, depois que JESUS soprou dentro deles o Espírito Santo. Para ter os resultados certos temos que crer da maneira certa!

22 -  Ora, achando-se eles na Galiléia, disse-lhes Jesus: O Filho do homem será entregue nas mãos dos homens; 23 -  E matá-lo-ão, e ao terceiro dia ressuscitará. E eles se entristeceram muito.