Mensagem em áudio Agenda

 

DEUS OUVE A ORAÇÃO, MAS RESPONDE A FÉ

Lc 18:1 E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer,2 Dizendo: Havia numa cidade um certo juiz, que nem a Deus temia, nem respeitava o homem. 3 Havia também, naquela mesma cidade, uma certa viúva, que ia ter com ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário. 4 E por algum tempo não quis atendê-la; mas depois disse consigo: Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens, 5 Todavia, como esta viúva me molesta, hei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte, e me importune muito. 6 E disse o Senhor: Ouvi o que diz o injusto juiz. 7 E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles? 8 Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?

·      Esta parábola tinha um tema totalmente revelado: O dever de orar sempre, e nunca desfalecer. A principio fala da importância da frequência e da intensidade da oração, como também da importância da persistência na oração. Mas antes, no v3 vamos ver uma outra chave, o conteúdo da oração.  ... dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário.

O CONTEÚDO DA ORAÇÃO

·      O conteúdo é justiça. Vamos ver que a genuína oração sempre esta relacionada com a “fé”, e a fé sempre esta relacionada com a “justiça”. Entender o aspecto legal da oração vai te projetar para uma fé que nunca desiste. Só existe uma maneira de entender o aspecto legal da oração, entendendo o evangelho!

Col 2:14 E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas,15 Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. 16 E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo. 17 Portanto, ninguém vos julgue....

·      Existe uma terminologia jurídica neste texto. Fala de principados, seres espirituais da maldade que possuíam certa autoridade para nos julgar, onde eles escreveram as nossas dividas com base na própria lei de Deus (ordenanças). Esta era a nossa condição vivendo sem CRISTO.

·      A LEI favorecia o acusador que possuía uma lista extensa dos nossos delitos em mãos. Por isto, fora de CRISTO, o conceito de oração é nulo, é só uma reza vazia. O que é o evangelho? O PAI como justo JUIZ, entregou o seu único filho para ser punido em nosso lugar, a fim de sermos perdoados. Quando recebemos o sacrifício de Jesus, somos perdoados... e uma vez perdoados RECEBEMOS VIDA NELE, e assim nos tornamos SEUS filhos.

·      Em CRISTO, morremos para o pecado! Somos perdoados. Em CRISTO, morremos para a lei! Perdoados, somos livres para seguir o Espirito Santo. Em CRISTO, todos os nossos inimigos foram vencidos, desarmados, despotencializados e publicamente envergonhados.

17 Portanto, ninguém vos julgue...

·      AGORA FICA FACIL ORAR. Orar é receber pela fé a justiça da cruz. É exigir o nosso direito de redenção porque a conta esta paga.

·      Ninguém melhor do que o Espirito Santo para advogar a nossa causa. Com o sacrifício de JESUS e a oração no Espirito Santo toda causa esta ganha! Não existe nada mais sábio do que deixar o Espirito Santo orar por você.

NÃO SABEMOS ORAR COMO CONVÉM

Rom 8:26, Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.

·      O ESPÍRITO SANTO não é um premio para os fortes, é ajuda para os fracos!

Jô 16:12 Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. 13 Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras. 14 Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará. 15 Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso eu vos disse que ele, recebendo do que é meu, vo-lo anunciará.

·      Desde que esta promessa foi cumprida, a pessoa do Espírito Santo se torna o Deus residente, representando a trindade na terra. Ele é o interprete, o revelador, o representante e o administrador do Pai e do filho. ELE veio para transmitir a mim e a você tudo que é do PAI e do FILHO.

PARA ENTENDER A PERSISTENCIA NA ORAÇÃO, TEM QUE ENTENDER O CONCEITO DE ORAR SEM CESAR.

·      O livro de Atos começa com dois eventos que fundamentaram as praticas espirituais dos apóstolos:

1.    Uma revelação consolidada que JESUS morreu, foi sepultado e ressuscitou pela nossa justificação.

At 1:3 aos quais também, depois de haver padecido, se apresentou vivo, com muitas provas infalíveis, aparecendo-lhes por espaço de quarenta dias, e lhes falando das coisas concernentes ao reino de Deus.

2.    O evangelho faz mais do que JESUS cobrir todos os nossos pecados, ele também nos devolve o Espirito Santo para nos ENCHER, REVESTIR e guiar em vitória.

At 2:4 E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem.

·      Foram estas experiências que fundamentaram as praticas e os milagres experimentados pelos apóstolos. Qual era a prioridade dos Apóstolos?   ... Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra. At 6:4

·      O conceito de orar sem cessar esta relacionado com a oração no Espirito.

Orai sem cessar.1 Tess 5:17

Ef 6:18 com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos,

Jd 1:20 Mas vós, amados, edificando-vos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo,

A IMPORTANCIA DA PERSISTÊNCIA

·      Duas coisas interferem nas decisões de um juiz humano e ímpio: o dinheiro e a importunação. Deus como JUSTO JUIZ jamais esta a venda, e a persistência na oração na verdade não muda a DEUS, mas muda a nós mesmos, aperfeiçoando a nossa fé. O que move um juiz ímpio é a insistência, a importunação. O QUE MOVE A DEUS É A FÉ.

O TEMPO DE ESPERA

7 E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles?

·      A demora de DEUS em responder esta quase sempre relacionada com o aperfeiçoamento da nossa fé. Não é você que esta esperando por DEUS, é ELE que esta esperando por você! A persistência na oração desenvolve a fé. DEUS OUVE A ORAÇÃO, MAS RESPONDE A FÉ.

·      Existem situações onde é mais importante a fé ser aperfeiçoada, do que a oração ser respondida.

Heb 11:39 E todos estes, embora tendo recebido bom testemunho pela fé, contudo não alcançaram a promessa;

·      A fé aperfeiçoada muda a nossa mentalidade, e muda também as nossas orações.

·      JESUS termina a parábola fazendo a seguinte pergunta: Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra Qual é a maneira de Deus provocar a fé em nós? Oração com persistência, oração sem cessar.

·      O que é que DEUS esta esperando? Por uma fé edificada! ELE aguarda por um coração cheio de fé para receber vitória, redenção, libertação, cura, provisão. No processo de construir a fé pela oração, uma forma errada de pensar, sentir e agir é denunciada e desconstruída. A persistência na oração sempre terá este efeito: desconstrói uma mentalidade reprovada, e nos refundamenta com a verdade do evangelho.

A PROXIMA PARABOLA – seguindo o capitulo... Lc 18:9-14

Lc 18:9 Propôs também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:10 Dois homens subiram ao templo para orar; um fariseu, e o outro publicano. 11 O fariseu, de pé, assim orava consigo mesmo: ó Deus, graças te dou que não sou como os demais homens, roubadores, injustos, adúlteros, nem ainda com este publicano. 12 Jejuo duas vezes na semana, e dou o dízimo de tudo quanto ganho. 13 Mas o publicano, estando em pé de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: ó Deus, sê propício a mim, o pecador! 14 Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque todo o que a si mesmo se exaltar será humilhado; mas o que a si mesmo se humilhar será exaltado.

O QUE MOTIVA A SUA VIDA DE ORAÇÃO?

·      A fé só é aperfeiçoada quando fundamentada na justiça de DEUS. Existe um tipo de oração que jamais ira aperfeiçoar a fé ou mover a mão poderosa de DEUS. É a oração fundamentada na justiça própria!

O CEGO DE JERICÓ – LC 18:35 - 43

·      Este capitulo, não por acaso, termina com a cura do cego de Jericó. Das parábolas para um milagre real!

Lc 18:39 E os que iam à frente repreendiam-no, para que se calasse; ele, porém, clamava ainda mais: Filho de Davi, tem compaixão de mim!

·      Duas citações importantes para concluir:

1.    Estava totalmente focado em JESUS.

·      Abriu mão da sua justiça... apesar de cego, viu JESUS como a provisão perfeita para as sua necessidade. Não se esqueça que ele carregava o estigma de uma pessoa amaldiçoada!

2.    Não parou de clamar até ser atendido

·      Era cego, mas tinha ouvido aguçado e uma voz de trovão que incomodou toda uma multidão enquanto clamava! Não fazemos ideia de quanta oposição a oração perseverante irá encontrar. Porém, o resultado desta oração é surpreendente... seremos fortalecidos na nossa fraqueza, seremos supridos nas nossas necessidades!

Lc 18:42 Disse-lhe Jesus: Vê; a tua fé te salvou.

·      A oração fortalece a fé, e a fé aperfeiçoada te leva a se apropriar de tudo que já foi conquistado por JESUS na cruz. Não foque em fazer, foque em edificar a sua fé, e ela fara por você tudo que precisa!

No Amor do CORDEIRO,

Tulio De Souza Borges