Mensagem em áudio Agenda

 

É necessario a leitura do capitulo 9 do evangelho de João...

E, passando Jesus, viu um homem cego de nascença.

·      JESUS viu um homem cego de nascença, os discípulos focaram “nos pecados” que o tornaram cego.

E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?

·      Procurar pecados é a função da lei. Sacerdotes na antiga aliança eram verdadeiros investigadores. Na perspectiva da lei toda pessoa deficiente era uma pessoa amaldiçoada.

·      Mesmo sendo discípulos de JESUS, estavam muito impregnados de uma mentalidade condicionada pelo legalismo. Uma mente treinada a procurar pecados e entender as suas consequências.

·      Uma ginástica mental que definitivamente não alimenta a salvação pela graça mediante a fé, antes nutre a performance própria, que Paulo chamou de "obras da lei". Um tipo de mentalidade que aponta para uma consciência que nunca descansa, terreno fertil para o stress e colapsos psico emocionais. É uma busca sem fim para tentar explicar os infortúnios da vida. Se trata de pessoas que nunca se sentem perdoadas, sempre desqualificadas para o sucesso. Um curto circuito na fé, quanto mais se esforçam, menos alcançam. Uma mentalidade de condenação e morte!

·      QUANDO JESUS disse arrependei-vos, ELE estava falando de abrir mão desta mentalidade! uma mentalidade arraigada na justiça propria. JESUS por sua vez tinha uma mente treinada a redimir. EVANGELHO! A justiça de DEUS se revela no evangelho, de fé em fé, de glória em glória.

Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.Convém que eu faça as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.

·      JESUS sabia exatamente quem ELE era,Justiça, Sabedoria e SALVAÇÃO em pessoa!  sabia também qual era a sua missão. JESUS é o filho de DEUS, enviado para nos redimir, ou seja, devolver ao homem tudo que o primeiro Adão perdeu no Édem. ELE veio, não para despertar as pessoas a procurarem pelos seus pecados, mas veio para despertar uma busca pelo SALVADOR, como foi mencionado... O  homem chamado JESUS (SALVAÇÃO)!

10 Diziam-lhe, pois: Como se te abriram os olhos?11 Ele respondeu, e disse: O homem, chamado Jesus, fez lodo, e untou-me os olhos, e disse-me: Vai ao tanque de Siloé, e lava-te. Então fui, e lavei-me, e vi. 12 Disseram-lhe, pois: Onde está ele? Respondeu: Não sei.

·      Esta deveria ser a pergunta de todo ser humano ainda perdido... Onde ELE está? Na perspectiva do evangelho, a ênfase não é examinar a condição do pecador... mas enfatizar a perfeição do SALVADOR!

QUAL ERA A OPINIÃO DAS PESSOAS A RESPEITO DAQUELE CEGO?

1. JESUS: Compaixão.

·      JESUS viu aquele homem como ELE via todos os homens. Todos pecaram e destituídos estão da gloria de DEUS...

·      O texto diz que JESUS viu “um homem cego”, um homem que representava todos os homens... ELE o viu como o primeiro homem, Adão. Dá sentido as palavras de JESUS...

Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.

·      Alguém carente de redenção. No Édem JESUS o vestiu através de um sacrifício, e agora veio para pagar esta conta. Não se tratava mais do erros que ele cometeu, mas do que JESUS faria em seu favor.

·      Este texto retrata o encontro entre o primeiro Adão e o ultimo.  JESUS veio ascender a luz que o primeiro Adão apagou!

5 Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo.6 Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego.

·      O milagre realizado por JESUS nos arremete a criação do homem...

6 Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego.7 E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo.

·      Não tenha duvida que este foi um milagre criativo... o barro se tornou naquilo que faltava para aquele homem enxergar, e a agua foi como o sopro do ETERNO. JESUS se apresenta como alguém que estava junto quando o homem foi criado do pó da terra. Somente aquele que te criou tem a medida certa para te concertar, curar, redimir ou salvar.

2. OS DISCÍPULOS: curiosidade

·      Sabe aquele tipo de gente palpiteira que fica querendo explicar a tragédia dos outros... Quando se especializam nesta pratica viram Teólogos. Se acham espirituais querendo justificar a DEUS, mas quase sempre atrapalham, liberando condenação através de palavras erradas. Alguma vez já se sentiu assim, bisbilhotado por pessoas deste tipo? Mera curiosidade sem compaixão. Enxergam os pecados e não o homem, enxergam o homem e não o SALVADOR.

3. OS VIZINHOS E CONHECIDOS – um infeliz, desventurado

8 Então os vizinhos, e aqueles que dantes tinham visto que era cego, diziam: Não é este aquele que estava assentado e mendigava?

·      O viam como mendigo, pedinte, improdutivo, limitado, inútil, um peso para a sociedade. alguém sem solução. Mendigo é toda pessoa que pede apenas para os homens, e nunca enxerga a possibilidade de ser abençoado por DEUS. São aquelas pessoas que nunca entendem a expressão, “riquezas da sua graça”.

·      O que mais me impacta na oração em línguas é a sua objetividade de falamos com DEUS! Aquele que fala em outras linguas não fala aos homens, mas a DEUS e em Espirito ora mistérios, 1 Co 14:2. Em termos de redenção, é bem mais produtivo falar com DEUS, do que falar com os homens., confiar em DEUS do que confiar nos homens, receber de DEUS do que receber dos homens. Algumas pessoas estão frustradas, porque a unica expectativa que possuem é o que um mero mortal possa fazer por eles.

·      A nossa vida só vai fazer sentido quando aprendemos a crer e receber de DEUS, e tornamos conscientes de uma fé que funciona. Aqui rompemos em gratidão e adoração.

·     Olhem para este Homem que era cego de nascenca, quando recebeu algo de DEUS, mal as pessoas podiam reconhece-lo! recebeu algo que nenhum ser humano jamais poderia dar a ele... Tenha certeza, ele ganhou um outro adjetivo dado pelos amigos e conhecidos. Como você chamaria este cego curado? Com certeza, não mais desventurado, mas abençoado!

4. FARIZEUS: Amaldiçoado e inimigo

18 Os judeus, porém, não creram que ele tivesse sido cego, e que agora visse, enquanto não chamaram os pais do que agora via.
34 Responderam eles, e disseram-lhe: Tu és nascido todo em pecados, e nos ensinas a nós? E expulsaram-no.

·      Quando cego, o viam como amaldiçoado. Depois de curado o viam com desconfiança e como uma ameaça. Foi curado pelo cara que queriam achar alguma evidencia que era impostor para o matar. O seu milagre fortalecia que JESUS falava a verdade da parte de DEUS, e tornava evidente que os fariseus estavam errados, obstinados e enciumados. Como não bastasse...

28 Então o injuriaram, e disseram: Discípulo dele sejas tu; nós, porém, somos discípulos de Moisés.29 Nós bem sabemos que Deus falou a Moisés, mas este não sabemos de onde é. 30 O homem respondeu, e disse-lhes: Nisto, pois, está a maravilha, que vós não saibais de onde ele é, e contudo me abrisse os olhos.

·      Nada poderia ofender mais este tipo de orgulho... dizer que não sabiam alguma coisa. A justiça propria é literalmente uma justiça CEGA!

COMO O CEGO PASSOU A SE VER

·      O mais importante não é como as pessoas viam este cego, ou mesmo como ele se via... O mais importante não é só que ele enxergou, mas como ele passou a se enxergar!

·      Qual deveria ser a sua maior curiosidade? Ver o próprio rosto! Foi o que deve ter feito no espelho das aguas que o curaram!

·      Se tinha algo errado com os pais deste ex-cego era o medo, o temor humano e religioso. Não só os seus olhos foram iluminados, o seu coração também. É impressionante a sua firmeza, ousadia e sabedoria ao testemunhar para aqueles lideres que eram raposas experientes. Era agora um homem resolvido, que seguia com convicção a luz que brilhou no seu coração. Na sua experiencia com a SALVAÇÃO em pessoa, ganhou identidade e destino! Exatamente por isto, JESUS voltou para consolida-lo. 

35 Jesus ouviu que o tinham expulsado e, encontrando-o, disse-lhe: Crês tu no Filho de Deus?36 Ele respondeu, e disse: Quem é ele, Senhor, para que nele creia? 37 E Jesus lhe disse: Tu já o tens visto, e é aquele que fala contigo. 38 Ele disse: Creio, Senhor. E o adorou.

CONCLUSÃO

39 E disse-lhe Jesus: Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não vêem vejam, e os que vêem sejam cegos.40 E aqueles dos fariseus, que estavam com ele, ouvindo isto, disseram-lhe: Também nós somos cegos? 41 Disse-lhes Jesus: Se fôsseis cegos, não teríeis pecado; mas como agora dizeis: Vemos; por isso o vosso pecado permanece.

·      JESUS estava lhe dando com a realidade espiritual de todos os homens. Duas coisas fundamentais: Assumir a sua condição espiritual e confiar na justiça de DEUS. Ou tem as duas ou nenhuma delas. JESUS não veio chamar justos, mas pecadores ao arrependimento. Jamais prevaleceremos tentando estabelecer a nossa própria justiça, mas sim, quando nos submetemos a perfeita justiça de DEUS, o HOMEM chamado SALVAÇÃO!