I Samuel 7:12SOCORRO

“Então tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e chamou-lhe Ebenézer; e disse: Até aqui nos ajudou o SENHOR.”

Hebreus 4:15-16

“Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.”

Hebreus 13:5-6

“Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei. E assim com confiança ousemos dizer: O Senhor é o meu ajudador, e não temerei O que me possa fazer o homem.”

 

Quatro pré-requisitos para receber o socorro de DEUS:

 

1. Entender o caráter sacerdotal de JESUS.

 

Salmos 46:1

“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.”

 

Todo sacerdote é um ministro de misericórdia.

 

Hebreus 5:1-2

“Porque todo o sumo sacerdote, tomado dentre os homens, é constituído a favor dos homens nas coisas concernentes a Deus, para que ofereça dons e sacrifícios pelos pecados; e possa compadecer-se ternamente dos ignorantes e errados; pois também ele mesmo está rodeado de fraqueza.”

 

2. Reconhecer as fraquezas, as acusações do diabo, o espaço perdido para o inimigo.

 

3. Buscar ajuda em tempo oportuno.

 

Hebreus 4:16

“...para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.”.

 

Salmos 40:12-13

“Porque males sem número me têm rodeado; as minhas iniqüidades me prenderam de modo que não posso olhar para cima. São mais numerosas do que os cabelos da minha cabeça; assim desfalece o meu coração. Digna-te, SENHOR, livrar-me: SENHOR, apressa-te em meu auxílio.”

 

Aqui é fundamental posicionamento e pressa. A passividade anula o socorro. A nossa ajuda é alcançarmos graça e misericórdia.

 

4. Reproduzir um caráter misericordioso

 

Misericórdia = É quando Deus não nos dá o que merecemos: JUÍZO.

Graça = É quando Deus nos dá o que não merecemos: FAVOR.

 

Onde falta a graça de Deus nasce a amargura. Mas onde a graça de Deus é abraçada o perdão floresce.

 

Se houve um homem que recebeu misericórdia na bíblia, este foi Saulo. Ele conhecia profundamente o valor da misericórdia e da graça. Na última carta que Paulo escreveu, ele roga a Timóteo:

II Timóteo 2:1

Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.

 

Essa é uma exortação inspiradora. Paulo não roga para Timóteo se fortalecer com a oração, ou com o estudo bíblico, por mais vitais que possam ser. Ele aponta para a necessidade de se ter a graça de Deus com abundância. Aprenda a reivindicar esse território. Ainda que falte algumas coisas, nunca deixe faltar a graça de Deus na sua vida.

 

Quanto mais recebemos graça mais somos despertados a oferecê-la. Temos a tendência de exigir que as pessoas paguem por algo errado que fizeram. Mas, para entender a graça é necessário considerar o pagamento feito por Jesus na cruz do Calvário.

 

Seu amigo quebrou as promessas que havia feito? Seu chefe não manteve a sua palavra? Sinto muito, mas antes de reagir responda uma pergunta: Como Deus reagiu quando você quebrou as promessas que você fez a Ele?

 

Mentiram para você? Dói ser enganado. Mas antes de cerrar os punhos, pense: Como Deus reagiu quando você mentiu para Ele?

 

Você já foi negligenciado, esquecido, rejeitado? A rejeição fere. Mas, antes de pagar com a mesma moeda pondere sinceramente: Você já negligenciou a Deus ou a algum ensino da Sua palavra mesmo tendo conhecimento disto?

 

A chave para reproduzir a misericórdia e a graça que recebemos é parar de focar no que as pessoas fizeram e começar a concentrar-se no que Deus fez por você. Por mais que você ache que isso não seja justo, que quem errou precisa pagar pelo que fez, lembre-se: o evangelho prega que alguém já pagou.

 

Certamente essas pessoas não merecem perdão, compaixão ou graça. Mas, será que eu mereço, será que você merece? Por isso que é graça!

 

Uma Pedra chamada Ebenenezer

I Samuel 7:1-14

“Então vieram os homens de Quiriate-Jearim, e levaram a arca do SENHOR, e a trouxeram à casa de Abinadabe, no outeiro; e consagraram a Eleazar, seu filho, para que guardasse a arca do SENHOR. E sucedeu que, desde aquele dia, a arca ficou em Quiriate-Jearim, e tantos dias se passaram que até chegaram vinte anos, e lamentava toda a casa de Israel pelo SENHOR.

Então falou Samuel a toda a casa de Israel, dizendo: Se com todo o vosso coração vos converterdes ao SENHOR, tirai dentre vós os deuses estranhos e os astarotes, e preparai o vosso coração ao SENHOR, e servi a ele só, e vos livrará da mão dos filisteus. Então os filhos de Israel tiraram dentre si aos baalins e aos astarotes, e serviram só ao SENHOR. Disse mais Samuel: Congregai a todo o Israel em Mizpá; e orarei por vós ao SENHOR. E congregaram-se em Mizpá, e tiraram água, e a derramaram perante o SENHOR, e jejuaram aquele dia, e disseram ali: Pecamos contra o SENHOR. E julgava Samuel os filhos de Israel em Mizpá. Ouvindo, pois, os filisteus que os filhos de Israel estavam congregados em Mizpá, subiram os maiorais dos filisteus contra Israel; o que ouvindo os filhos de Israel, temeram por causa dos filisteus. Por isso disseram os filhos de Israel a Samuel: Não cesses de clamar ao SENHOR nosso Deus por nós, para que nos livre da mão dos filisteus. Então tomou Samuel um cordeiro de mama, e sacrificou-o inteiro em holocausto ao SENHOR; e clamou Samuel ao SENHOR por Israel, e o SENHOR lhe deu ouvidos. E sucedeu que, estando Samuel sacrificando o holocausto, os filisteus chegaram à peleja contra Israel; e trovejou o SENHOR aquele dia com grande estrondo sobre os filisteus, e os confundiu de tal modo que foram derrotados diante dos filhos de Israel. E os homens de Israel saíram de Mizpá; e perseguiram os filisteus, e os feriram até abaixo de Bete-Car. Então tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e chamou-lhe Ebenézer; e disse: Até aqui nos ajudou o SENHOR. Assim os filisteus foram abatidos, e nunca mais vieram aos termos de Israel, porquanto foi a mão do SENHOR contra os filisteus todos os dias de Samuel.”

 

A Arca da Aliança estava num lugar provisório e tinha também um guardador provisório. Definitivamente aquele não era o lugar adequado para a Arca. Havia tanta procrastinação que isto se demorou por 20 anos. Todos esses anos estavam desalinhados com a glória de Deus.

 

Como conseqüência, os filisteus estavam devorando a Israel pouco a pouco. Estavam tomando cidades e escravizando o povo. Mas, porque Deus tem um caráter de socorro, Ele levantou um sacerdote-profeta.

 

Como é que Deus vai te socorrer? Levantando um profeta sobre você. O profeta é alguém que vai fazer você ouvir com clareza a mensagem de Deus, a brecha por onde o inimigo tem entrado e roubado você, aquilo que você esta negligenciando acertar com Deus. Uma vez que o ministério profético funcionou na sua vida, então o profeta faz o papel de um sacerdote, oferecendo dons e sacrifícios pelos seus pecados.

 

Ouça o profeta!

 

Isaías 44:24-26

Assim diz o SENHOR, teu redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o SENHOR que faço tudo, que sozinho estendo os céus, e espraio a terra por mim mesmo; que desfaço os sinais dos inventores de mentiras, e enlouqueço os adivinhos; que faço tornar atrás os sábios, e converto em loucura o conhecimento deles; que confirmo a palavra do seu servo, e cumpro o conselho dos seus mensageiros; que digo a Jerusalém: Tu serás habitada, e às cidades de Judá: Sereis edificadas, e eu levantarei as suas ruínas;

 

II Crônicas 20:20

Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis.

 

Deus é com o seu mensageiro. O profeta é o método de Deus.

 

QUAL FOI A MENSAGEM DO PROFETA SAMUEL?

 

1- Exclusividade ao Senhor

 

I Samuel 7:3-4

“Falou Samuel a toda a casa de Israel, dizendo: Se é de todo o vosso coração que voltais ao Senhor, tirai dentre vós os deuses estranhos e os astarotes, e preparai o coração ao Senhor, e servi a ele só, e ele vos livrará das mãos dos filisteus. Então, os filhos de Israel tiraram dentre si os baalins e os astarotes e serviram só ao Senhor.”

 

Quando perdemos espaço no nosso coração para Deus, perderemos espaço físico, territorial para o inimigo. Precisamos primeiro recuperar o território perdido no nosso coração. Prepare o seu coração para Deus. Arrependa-se confessando e renunciando tudo que está tomando o lugar de Deus na sua vida. Expulse os demônios que acompanharam estes ídolos, os baalins e os astarotes.

 

2- Congregar

I Samuel 7:5-6

“Disse mais Samuel: Congregai a todo o Israel em Mizpá; e orarei por vós ao SENHOR. E congregaram-se em Mizpá...”

Congregar é, primeiramente, se comprometer com a cobertura espiritual e de oração de um profeta-sacerdote. Depois, é um compromisso com a comunhão e serviço.

 

3- Ofertar

I Samuel 7:6

“E congregaram-se em Mizpá, e tiraram água, e a derramaram perante o SENHOR, e jejuaram aquele dia, e disseram ali: Pecamos contra o SENHOR. E julgava Samuel os filhos de Israel em Mizpá.”

Estavam tão debilitados que não tinham o que ofertar. Então decidiram ofertar a água que beberiam em um dia. Todas as pessoas que de fato querem preparar o coração para Deus terão algo para ofertar. Ninguém é tão pobre que não tenha nada para dar. Este foi um caso extremo onde ofertaram a água que iriam beber. Quanto custa a água que mata a sua necessidade mais vital de sobrevivência?

 

4- Perseverar na oposição

I Samuel 7:7-8

“Ouvindo, pois, os filisteus que os filhos de Israel estavam congregados em Mizpá, subiram os maiorais dos filisteus contra Israel; o que ouvindo os filhos de Israel, temeram por causa dos filisteus. Por isso disseram os filhos de Israel a Samuel: Não cesses de clamar ao SENHOR nosso Deus por nós, para que nos livre da mão dos filisteus.”

 

Sempre que o povo decide se santificar haverá oposição do inimigo. A estratégia do inimigo era intimidar o povo. Um povo com a alma fragilizada é facilmente intimidado. Mas, um povo que tem um profeta prevalecerá!

 

5- Intercessão Congregacional

I Samuel 7:9-11

“Então tomou Samuel um cordeiro de mama, e sacrificou-o inteiro em holocausto ao SENHOR; e clamou Samuel ao SENHOR por Israel, e o SENHOR lhe deu ouvidos. E sucedeu que, estando Samuel sacrificando o holocausto, os filisteus chegaram à peleja contra Israel; e trovejou o SENHOR aquele dia com grande estrondo sobre os filisteus, e os confundiu de tal modo que foram derrotados diante dos filhos de Israel. E os homens de Israel saíram de Mizpá; e perseguiram os filisteus, e os feriram até abaixo de Bete-Car.”

 

Quando o profeta está alinhado com Deus e o povo está alinhado com o profeta, Deus se manifesta, o socorro vem!

 

Os inimigos são abatidos, os territórios perdidos são restituídos, a paz é restaurada.

 

Salmos 28:6-9

“Bendito seja o SENHOR, porque ouviu a voz das minhas súplicas. O SENHOR é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; assim o meu coração salta de prazer, e com o meu canto o louvarei. O SENHOR é a força do seu povo; também é a força salvadora do seu ungido. Salva o teu povo, e abençoa a tua herança; e apascenta-os e exalta-os para sempre.”

Apóstolo Túlio de Souza Borges

Palavra ministrada em 27/11/2011