O segredo de ser socorridoAleluia

 

Salmos 50:14 – 15

Ofereça a Deus em sacrifício a sua gratidão, cumpra os seus votos para com o Altíssimo, e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei e você me honrará.

 

Aqui o salmista cita um dia que, infelizmente, ninguém escapa dele: o dia da angústia. Não há uma pessoa sequer que nunca enfrente angústias, tribulações, guerras ou problemas.

 

Servimos a um Deus que gosta de nos livrar na fornalha. E ela sobremaneira acesa.

Passar por angústias não significa necessariamente que a pessoa está em pecado (II Coríntios 1).

 

Dentro dessa palavra, vamos conhecer dois princípios que fundamentam a oração que Deus responde:

 

1 – Oferecer a Deus sacrifício de ações de graças

 

Agradecer não é fácil. Muitos têm dificuldade de agradecer até mesmo quando recebe um favor, uma ajuda. Quanto mais em momentos de angústia e desespero. Porém, agradecer é necessário.

 

2 – Pagar os seus votos

 

Esse princípio é muito poderoso. A pessoa que tem um caráter de ser fiel e pagar lealmente os seus votos é o tipo de gente que quando orar Deus vai responder.

 

Geralmente fazemos um voto quando estamos no aperto. Veja alguns exemplos da Palavra de Deus:

  • Gênesis 28 - Chegou o dia da angústia de Jacó e então ele fez um voto.
  • Juízes 11 - Jefté – filho da prostituta e desprezado por todos. Certa vez foi chamado pelos gileaditas para ser o comandante do seu exército e enfrentar uma batalha terrível contra os amonitas. Nesta ocasião, Jefté fez um voto.

 

Os votos ativam a nossa fé. O voto é um catalizador¹ da oração. Ele acelera o processo.

Deus não se agrada de votos tolos. Estamos vivendo em uma sociedade que não cumpre nem o que assina. A palavra, o voto hoje não tem valor. Porém, cuidado! Deus leva a sério os nossos votos.

 

Jó 22:27 – 29

A ele orará, e ele o ouvirá, e você cumprirá os seus votos. O que você decidir se fará e a luz brilhará em seus caminhos.

 

Salmos 50:15

...clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei e você me honrará.

 

A promessa aqui é para aqueles que pagam os seus votos e oferecem a Deus sacrifícios de ações de graças.

 

Ações de graças è É a forma de colocar os olhos em Deus e dizer: “Deus, eu não acredito nas circunstâncias, eu acredito no Seu caráter”.

 

A Gratidão possibilita enxergarmos o amor de Deus!

 

Quando a nossa alma não é salva, temos a tendência de focarmos o lado negativo das coisas. Por exemplo: tem alguém que fez 10 (dez) favores para você. Quando ele pisar na bola uma vez, o erro será focado e os favores esquecidos.

 

Cuidado! A ingratidão mata os relacionamentos com as pessoas e com Deus.

 

A gratidão é o clamor de uma pessoa que tem a certeza de uma provisão que Deus já fez.

 

Deus é maior que as circunstancias ou problemas. E para agradecer é necessário você ser positivo na sua lembrança.

 

Lembre-se dos livramentos! Lembre-se das promessas! Lembre-se dos benefícios de Deus!

 

Muitas vezes as circunstancias querem bloquear os nossos pensamentos e dizer que Deus deixou de ser fiel. Normalmente somos pouco gratos!

 

Praticar a gratidão no relacionamento com Deus gera experiência e essa experiência gera testemunhos!

 

Salmos 50:23

Quem me oferece sua gratidão como sacrifício, honra-me, e eu mostrarei a salvação de Deus ao que anda nos meus caminhos.

 

Toda pessoa que oferece a Deus sacrifício de ações de graças glorifica a Deus. E Ele vai preparar um caminho de forma que encontremos a Sua salvação. Ações de graças constroem um caminho de saída da angústia!

 

O dia da angústia é como um labirinto. Muitos se perdem lá dentro. Muitas aparentes saídas somente empurram ainda mais para o seu centro. A única porta legítima de saída é a gratidão.

 

Apóstolo Túlio de Souza Borges

Ministério Internacional Ágape

 

Palavra ministrada em 20/06/2010