Guardando a Unidadeunidade2

 

Efésios 4:1-3

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros, em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. 

 

Estamos vivendo dias que o inimigo está lutando intensamente pela nossa desunião. Mas Deus está nos convocando à UNIDADE. É tempo de RESTAURAÇÃO.

 

A Obra do Senhor é extensa. Seu Reino deve ser manifesto em nossas casas e nossa cidade e o que mais vemos são ruínas, carências, desolação.

 

Quando o povo decidiu restaurar Jerusalém, o que não faltou foi oposição. Cada um se “apegou” ao seu próprio problema, eles estavam presos em suas decepções, suas próprias lutas. Deus teve de levantar Neemias para colocar tudo em ordem.

 

Um fator determinante para o nosso trabalho sair bem feito é a UNIDADE.

 

Você já planejou uma grande tarefa, marcou com os outros, se dispôs e na hora “h” ficou sozinho? O sentimento é de DESÂNIMO.

 

Por isso, em meio a tantas oposições que temos vivido como igreja, é hora de TODOS ajudarem, de nos unirmos. Sua participação é fundamental.

 

1)   A UNIDADE TE LEVA A FAZER GRANDES OBRAS

 

O exemplo da Torre de Babel

 

Genesis 11:6

E disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer.

 

Neemias percebeu o valor da unidade.

 

Neemias 4:19

E disse eu aos nobres, e aos magistrados, e ao resto do povo: Grande e extensa é a obra, e nós estamos apartados do muro, longe uns dos outros.

 

 

2)   NA UNIDADE A FORÇA É MULTIPLICADA

 

Sinergismo - Há um grande poder que é manifesto quando dois ou mais se unem.

Como exemplo podemos citar o Durepox: cada parte sozinha não vale nada, mas as duas juntas podem muita coisa.

 

A Bíblia fala que “um faz fugir 1000 e dois 10.000”... Não deveria ser 2.000?

Deuteronômio 32:30

Como pode ser que um só perseguisse mil, e dois fizessem fugir dez mil...

 

3)   A UNIDADE ANUNCIA JESUS CRISTO

 

João 17:23

Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim. 

 

O mundo vê Jesus em nós quando estamos unidos.

 

Cuidado! Muitas vezes nós cristãos falamos mal até das outras denominações que também são Igreja do Senhor.

 

Como é lindo ver uma juventude unida em santidade. Como edifica ver um casal que é unido na alegria e na tristeza, um defende o outro.

 

O mal testemunho dos Gálatas:

 

Gálatas 5:14 e 15

Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo, como a ti mesmo. Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede, não vos consumais, também, uns aos outros.

 

 

05 PASSOS PARA ALCANÇAR A UNIDADE

 

Efésios 4:1-3

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros, em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. 

 

Havia um clamor no coração de Paulo.Ele estava preso e estava recebendo notícias ruins da igreja.

Como é o sentimento de um líder que está ausente da igreja e recebe más notícias da congregação? O sentimento é péssimo.

Temos de assumir nosso papel de cristãos verdadeiros. Vamos prestar contas de tudo a Deus.

Paulo nos deixou aqui cinco recomendações para vivermos em unidade:

 

1)    Reconheça sua vocação

Ef 4:1-3

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros, em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. 

 

Você faz parte da obra de Deus. Você foi vocacionado, chamado por Deus.

Precisamos andar com dignidade. Essa vocação é sublime!

Nos tornamos espetáculo para o mundo. Todos nos observam. Quando andamos em vigilância e integridade estamos guardando a unidade.

 

 

2)    Seja humilde e manso

Ef 4:1-3

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros, em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. 

 

Em uma equipe (em uma igreja) ninguém é melhor que ninguém. A vitória presente não garante a vitória futura. Toda conquista deve ser apresentada ao Senhor Jesus.

Corremos o risco de nos exaltar quando temos vitórias. Deus deu muitas vitórias a Ezequias, mas ele não correspondeu a isso.

Ezequias se encheu de orgulho (II Crônicas 32:25), e o orgulho afasta as pessoas umas das outras. A unidade fica comprometida.

 

3)    Seja longânimo

Efésios 4:1-3

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros, em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. 

 

Em um trabalho de equipe, outras idéias surgirão (boas e más). Em equipe precisamos aceitar os fracos, andar no passo da equipe.

 

Moisés levou uma nação inteira pra fora do Egito. Eles não caminharam “no passo” dos homens de guerra, mas avançaram rumo à Terra da Promessa no passo das crianças.

Tenha paciência... O mais importante não é a rapidez, mas não recuar.

 

4)    Suportar uns aos outros

Ef ésios 4:1-3

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros, em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. 

 

A idéia aqui não é ter de suportar, mas sim de dar suporte, apoiar.

A conquista de um é a nossa conquista. A derrota de um é a nossa derrota.

 

As tribos de Rubem e Gade já possuíam a sua própria terra, mas entraram na guerra para garantir a conquista de seus irmãos.

 

5)    Reconheça que seu irmão tem o Espírito.

Efésios 4:1-3

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros, em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.

 

Todos nós temos algo em comum. A UNIDADE se faz no Espírito de Deus.

Então, cuide-se! Ouça o Espírito. Não o entristeça. Aborreça o pecado em sua vida.

Não fale mal do irmão.

 

Guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz é ser um pacificador e não permitir que outros semeiem a contenda.

Salmos 133

OH! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!

É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Aarão, e que desce à orla dos seus vestidos. Como o orvalho de Hermon, que desce sobre os montes de Sião; porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre. 

 

Se continuarmos lendo a carta de Paulo aos efésios vamos perceber que o apóstolo estava trazendo um alerta para que a igreja compreendesse que o Senhor a capacitou, presenteando-a com homens capacitados pelo Espírito.

 

A igreja precisava se posicionar de uma forma madura ante os ataques de homens que queriam destruí-la. Que possamos compreender que não somos mais meninos e nos posicionarmos em unidade para alcançarmos o que o Senhor, de antemão, já nos entregou.

 

ROGO-VOS, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros, em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo; para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que, com astúcia, enganam fraudulosamente.

 

Pastor Vinícius Portes de Souza

Ministério Internacional Ágape de Contagem e

Líder da Rede de Jovens Belo Horizonte

 

Palavra ministrada em 18/04/2010