Por que as pessoas não alcançam as promessas?Conquista

 

Hoje compartilharemos três ações que impedem que as pessoas recebam as promessas de Deus:

 

  1. Deixar o coração se envolver com coisas que não levam a lugar algum

Provérbios 4:23

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.

 

 

Nossa vida é como um rio que nasce limpo, mas que à medida que passa por tantos lugares vai sendo contaminado com impurezas do percurso. Nossa vida é como um rio e a fonte é o coração. A fonte deve ser limpa, ela não pode ser corrompida, senão compromete todo o rio.

 

Todos os dias ouvimos muitas coisas. Isso é normal. Mas, cuidado com as coisas que você concorda. Com as coisas que você ouve e aceita; é conivente.

 

A Palavra de Deus diz:

 

Mateus 18:18

Em verdade vos digo: Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu; e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu.

 

Cuidado com as coisas que você vê diariamente na televisão e na internet. Cuidado com o que você tem concordado e acreditado! Cuidado com o tempo que você investe vendo coisas que não te acrescentam em nada!

 

Organize sua vida! Estabeleça um tempo para orar, para buscar a Deus, determine um tempo diário para ver televisão e fazer suas tarefas. Quando você faz o que deve fazer todos os dias, você se aproxima mais do cumprimento das promessas do Senhor para a sua vida.

Gostamos de fazer o que gostamos, mas não gostamos de fazer o que precisamos.


O que tem dirigido o seu coração?

Guarde o seu coração! Guarde os seus ouvidos!

 

Não podemos desejar as promessas de Deus e ao mesmo tempo viver de forma relaxada. O Reino de Deus é tomado por esforço!

 

  1. Permitir que o seu coração tenha ressentimentos e maledicências

 

A Palavra de Deus nos ensina a concertar qualquer problema com o nosso irmão e, depois disso, irmos até o Altar de Deus.

 

Esvazie o seu coração de toda e qualquer contenda. Lembre-se: cada vez que você aceita o ressentimento e abre os seus lábios para falar mal das pessoas você está atrasando a sua promessa.

 

  1. Vida de murmuração

 

Deus reprova a murmuração (reclamação).

Não devemos murmurar em situações de conforto e nem em situações de desconforto!

 

A promessa é para os que estão sendo aperfeiçoados. Ou seja, quando eu estiver perfeito para receber a promessa, eu a receberei.

 

Não murmure, antes dê graças a Deus sempre!

  

“Quando as coisas começam a sair do script, eu corro para Deus. Ele me chamou, Ele vai me responder!” Pr. Geraldo Dias 

 

O seu coração é inteiro para Deus? Se hoje Ele te pedir algo você vai entregar?

 

Filipenses 2:13

Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.

 

Sua postura hoje determinará o seu destino amanhã.

 

Persiga a sua decisão de ser fiel a Jesus!

 

I Coríntios 10:12

Aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia.

 

Quando gastamos tempo com coisas que não têm valor, contaminamos o nosso coração.

 

Jeremias 29:13

 

Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração.

 

Essa palavra diz que devemos buscar a Deus de TODO coração! O Reino de Deus não se conquista sem um preço!

 

Antes de Deus nos entregar a promessa, antes ele passa o nosso coração por uma espécie de “Controle de Qualidade”. Você receberá sua promessa após ser aprovado pelo Senhor!

 

Mateus 7: 13 e 14

 

Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram.

 

Existem muitos caminhos, muitas ideologias, muitas fontes... Que talvez por um segundo matam a sede. Porém, depois envenenam.

 

Devemos buscar somente o Senhor e com todo o nosso coração.

 

Depois de alcançar a promessa ainda assim devemos guardar o nosso coração da soberba.

 

Deuteronômio 8:11 a 19

 

Guarda-te, que não te esqueças do Senhor teu Deus, deixando de observar os seus mandamentos, os seus preceitos e os seus estatutos, que eu hoje te ordeno; para não suceder que, depois de teres comido e estares farto, depois de teres edificado boas casas e estares morando nelas, depois de se multiplicarem as tuas manadas e es teus rebanhos, a tua prata e o teu ouro, sim, depois de se multiplicar tudo quanto tens, se exalte e teu coração e te esqueças do Senhor teu Deus, que te tirou da terra o Egito, da casa da servidão; que te conduziu por aquele grande e terrível deserto de serpentes abrasadoras e de escorpiões, e de terra árida em que não havia água, e onde te fez sair água da rocha pederneira; que no deserto te alimentou com o maná, que teus pais não conheciam; a fim de te humilhar e te provar, para nos teus últimos dias te fazer bem; e digas no teu coração: A minha força, e a fortaleza da minha mão me adquiriram estas riquezas. Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, porque ele é o que te dá força para adquirires riquezas; a fim de confirmar o seu pacto, que jurou a teus pais, como hoje se vê. Sucederá, porém, que, se de qualquer maneira te esqueceres de Senhor teu Deus, e se seguires após outros deuses, e os servires, e te encurvares perante eles, testifico hoje contra ti que certamente perecerás.

 

A Ele seja a honra, a glória e o louvor para sempre! Amém!

 

Pr. Geraldo Antônio Dias

Ministério Internacional Ágape de Betim

Palavra ministrada em 10/01/2010.