2 Samuel 12:11-14
Assim diz o Senhor: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres à luz deste sol. Pois tu o fizeste em oculto; mas eu farei este negócio perante todo o Israel e à luz do sol. Então disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor. Tornou Natã a Davi: Também o Senhor perdoou o teu pecado; não morrerás. Todavia, porquanto com este feito deste lugar sobremaneira a que os inimigos do Senhor blasfemem, o filho que te nasceu certamente morrerá.
 
Deus tem me falado sobre esse texto. Me chamado a atenção para perceber que meus atos são continuamente expostos diante de Deus, seja por anjos ou demônios.
Davi pecou. Ele fez coisas terríveis. Natã estava lhe dizendo que seus atos deram o direito dos demônios ridicularizarem a Deus. Eles falavam mal de Davi e blasfemavam contra Deus.
Existe uma constante troca de informações no Céu. Sabemos que Deus vê tudo, mas também a Bíblia nos diz que os anjos de Deus levam relatórios sobre nós a Ele. Você sabia disso?
 
Observe:
Mateus 18:10
Cuidado para não desprezarem um só destes pequeninos! Pois eu lhes digo que os anjos deles nos céus estão sempre vendo a face de meu Pai celeste.
 
Jó 1:6
E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles. 
 
Vemos anjos e demônios se apresentando diante de Deus e falando das pessoas da Terra. 
Pergunte-se: O que eles estão falando a meu respeito nestes dias?
Nossa vida é um livro aberto, pois somos observados a todo instante.
O apóstolo Paulo nos fala que somos um espetáculo a um público físico e espiritual:



I Coríntios 4:9
... pois somos feitos espetáculo ao mundo, tanto a anjos como a homens.
 
E continua dizendo que ele, como líder, deveria ser exemplo em tudo.
 
Não só os anjos, mas as pessoas estão sempre nos observando.
 
Todo cristão genuíno entende que precisa prestar contas uns aos outros. Enquanto estamos no mundo ninguém se importa com o que estamos fazendo ou deixando de fazer. Mas, quando abraçamos o evangelho de Jesus Cristo, imediatamente passamos a ser avaliados e confrontados. As pessoas nos leem continuamente.
 
Você é um cristão? Você se julga um cristão de fato?
Qual o seu relatório para essas pessoas hoje?
Qual o seu relatório para Deus hoje?
 
Se os anjos chegassem diante de Deus AGORA o que teriam a dizer de você?
 
Jesus foi minuciosamente observado.
O exemplo de Jesus
 
João 1:51
Em verdade, em verdade vos digo: vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem.
 
Você sabia que Jesus também prestou contas de sua vida por duas vezes?
 
E nestas passagens encontramos as direções que norteiam nossos relatórios. Há dois tipos de prestações de contas:
1.       Do cristão para os homens (lideranças) – Mundo Visível
2.       Do cristão para com seu Deus – Reino do Espírito
 
Prestando contas para os homens:
 
Jesus prestou contas para seu antigo “líder”, aquele que o batizou. João Batista estava indeciso quanto a pessoa e o ministério de Jesus e mandou perguntar:
 
Mateus 11:2-6
Ora, quando João no cárcere ouviu falar das obras de Cristo, mandou pelos seus discípulos perguntar-lhe: És tu aquele que havia de vir, ou havemos de esperar por outro? Respondeu-lhes Jesus: Ide contar a João as coisas que ouvis e vedes: os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são purificados, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho (as Boas Novas).
 
A resposta de Jesus a João Batista nos mostra o que devemos observar em nossa conduta para com os homens.
 
O relatório de um cristão genuíno para os homens (sociedade) deve conter:
  
1)    Obras (sinais):
 
Em Marcos 16:17-18, Jesus nos diz que aquele que crer de fato operará muitos sinais.
 
E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e estes serão curados.
 
Não podemos ser cristãos só de palavras. Temos de agir conforme Jesus.  O que você tem feito pelo seu próximo?
 
2)    Pregação da Palavra de Deus:
 
A Palavra precisa ser dita. O que Jesus fez em nossa vida (e está fazendo) precisa ser divulgado para que outros encontrem o mesmo caminho, a mesma salvação, a mesma libertação.
 
As pessoas querem primeiro ver a ação e depois as palavras. Jesus ao dizer a João, falou primeiro de Suas obras e depois da pregação do evangelho. Ele ainda salientou: O evangelho está sendo pregado aos pobres. Evangelho sem obras é só palavras. As pessoas estão cansadas de palavras. Você só ajuda, faz obras, para pessoas que podem te recompensar? Faça o seu melhor (independente a quem seja) e creia que é o Senhor que te recompensará.
 
O segundo relatório de Jesus.
Prestando contas para Deus:
 
Jesus deu Seu relatório ministerial ao Pai.
 
João 17:6-12
Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste. Eram teus, e tu mos deste; e guardaram a tua palavra. Agora sabem que tudo quanto me deste provém de ti; porque eu lhes dei as palavras que tu me deste, e eles as receberam, e verdadeiramente conheceram que saí de ti, e creram que tu me enviaste. Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me tens dado, porque são teus; todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e neles sou glorificado. Eu não estou mais no mundo; mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda-os no teu nome, o qual me deste, para que eles sejam um, assim como nós. Enquanto eu estava com eles, eu os guardava no teu nome que me deste; e os conservei, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que se cumprisse a Escritura.
 
Jesus estava se despedindo de seus dias terrenos. Ele sabia que estava para morrer. Creio que seu diálogo com o Pai nos mostra o que realmente importa lá no Céu. Jesus poderia ter apresentado ao Pai uma longa lista de milagres como o resultado final de Seu ministério terreno. Mas, ao invés disso, mostrou o fruto de Seu relacionamento com as pessoas. Os homens foram criados à imagem de Deus. Quando nos levantamos uns contra os outros estamos nos levantando contra o próprio Deus.
 
Jesus reconheceu que os homens eram de Deus.
 
Verso 6 = “Eram teus e Tu me confiaste”
Os discípulos não são meus. Aqueles que você ganhar e discipular também não são teus. Meus filhos de sangue também não são meus. Deus os confiou a mim para cria-los, não para manipulá-los.
 
Como é importante preservarmos nossos relacionamentos!
Aprendemos aqui nos últimos dias:
Filipenses 2:3-11
...mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos.

Seremos cobrados nos nossos relacionamentos.
- Perdão ou amargura.
- Desinteresse ou manipulação.
- Sinceridade e verdade ou engano. Versículo 6 = “Manifestei o Teu Nome aos homens...”
- Fomos chamados para influenciarmos as pessoas na Palavra de Deus. Versículo 8 = “eu lhes dei as palavras que tu me deste...”
- Guardar as pessoas em oração. Versículo 12 = Enquanto eu estava com eles, eu os guardava no teu nome...
 
Jesus os protegia pela oração. Você guarda seus familiares e amigos em oração?
 
Nosso desafio:
Enviar bons relatórios. Que o Nome de Deus seja glorificado através de nós e não ridicularizado.
 
Hebreus 4:13
E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas.
 
Pastor Vinícius Portes de Souza
Palavra ministrada em 02/07/2012